No dia de hoje na Festa da Natividade de Maria:

 

 

Hoje festejamos o aniversário de Maria, a mãe de Jesus. Não que a Igreja tenha a certeza do dia do seu nascimento, ela não tem. Mas foi escolhido o  dia 08 de setembro  para esta celebração. 

Nas aparições em Medjugorjeque já duram  25 anos consecutivos – Nossa Senhora conta toda a sua vida para uma das videntes, inclusive revelando a data do seu nascimento. Tudo ainda esta em segredo.  Mas um dia ainda  saberemos de toda a vida de Maria  contada por ela mesmo.

Ainda que tenham muitas pessoas que não acreditam nas aparições de Nossa Senhora no mundo; e incluo aqui,  muitos padres, bispos, autoridades eclesiais que simplesmente preferem ignorar tais acontecimentos, preferem tratar tais manifestações com total indiferença. Cito, entre muitas aparições de Maria, que são deixadas de lado, ficam no limbo pelos nossos padres:  Medjugorje, Garabandal, Naju, o Movimento Sacerdotal Mariano. Este então, como o nome já diz é dirigido para os Sacerdotes. Foi pedido e organizado por Nossa Senhora de Fátima em pessoa. E são os padres que mais o ignoram. Ignorar no sentido de nem conhecer, e também no sentido de tratar com puro descaso mesmo.

Ao celebrarmos hoje   A FESTA DA NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA, estamos olhando com toda a Igreja,  para aquela que nasceu sem a mancha do pecado, aquela que foi concebida sem o pecado original. Deus na sua grandeza, na sua infinita Misericórdia,  na sua onipotência de Deus de realizar todas as coisas, podia fazer isso – torná-la Imaculada – quis e fez !!!

Então, a Festa da Natividade de Maria, ela que foi concebida sem pecado, levá-nos a olharmos a manifestação prodigiosa  do poder de Deus no meio de nós. Um poder sem medida alguma, sem limite algum,  daquele que nada lhe é impossível. 

E com Maria vamos enxergar este poder sendo manisfestado de maneira contundente. Podemos ver até onde Deus está disposto a fazer por nós. Ao ponto de intervir  na  nossa história. O nascimento de Maria sem a mancha do pecado é uma intervenção de Deus. É algo extraordinário – fora da ordem natural –  que acontece. Algo sobrenatural e ao mesmo tempo  tão vísivel, tão ao nosso alcance. Tão simples e tão claro de se reconhecer.  

 Hoje – neste dia tão especial para a humanidade, quando nasceu a Imaculada Conceição –  venho dizer carinhosamente  aos nossos queridos padres, bispos, e arcebispos  que se abram ao poder de Deus, que se abram ao impossível, ao extraordinário, ao sobrenatural que Deus na sua infinita Misericórdia quer realizar através do Sacerdócio de cada um. Também falo aos nossos seminaristas que não tenham mêdo de se abrirem para aquilo que só Deus pode,  quer e precisa fazer através de vocês !!!

Infelizmente, vejo uma parte da Igreja de Jesus Cristo que rejeita o milagre, a cura, e a ação sobrenatural de Deus. De uma maneira que diminui sim a pessoa de Deus e distorce a sua ação salvífica.

Posso citar, como exemplo,  estes padres que torcem o nariz para as  aparições de Nossa Senhora em  Medjugorje. Todos os Bispos que não querem o Movimento Sacerdotal Mariano em suas Dioceses, que não se interessam em tê-lo, mesmo sendo um movimento   nascido do Coração Imaculado de Maria,  especialmemte para ajudar os Sacerdotes no momento em que a Igreja vive hoje, e a quem  Nossa Senhora chama carinhosamente de SEUS FILHOS PREDILETOS. 

Também falo dos cursos de teologia que não preparam os seus alunos para o sobrenatural, para o extraoridnário de Deus. E ao invés disso, criam obstáculos, criam impedimentos para que se possa se cultivar um relacionamento sadio, uma expectativa de fé sempre ativa, sempre aberta para tudo o que Deus quer e tem para realizar com o seu poder  no meio de nós !!!

E aqui eu deixo um exemplo para ilustrar o que eu estou falando:

Eu estava no meu segundo ano de teologia, quando dois padres – naquela noite eram dois Sacerdotes dando a aula juntos – e eles começaram a aula assim: “aqui não tem ninguém que acredita em milagres não é?! Já somos do segundo ano de teologia, não tem mais ninguém aqui acreditando  que o mar se abriu mesmo para Moisés passar?! Ninguém leva mais  a sério a multiplicação dos pães, não é?! Tem ainda alguma criancinha aqui que acredita na arca de Noé?! Perguntavam e riam, citando outras passagens bíblicas, sempre assim desacreditando e desabonando a ação sobrenatural de Deus. Dizeram que Jesus tinha mais o que fazer do que andar sobre as águas…

Eu levantei a mão, pedi licença e disse posso fazer uma pergunta? No sim deles, perguntei: “Os srs. acreditam que Jesus Cristo  esta presente na Eucaristia? Que não é sentido figurado, que realmente é Ele em pessoa presente na Hóstia?”  Os padres ficaram me olhando, olharam pra classe, depois um olhou pro outro. Fizeram silêncio… E a classe toda repetiu a minha pergunta… Os padres disseram cada um: “sim acredito”; “é Jesus mesmo” !

Eu respondi: “Então,  a partir do milagre eucarístico, podemos acreditar,  e esperar  em qualquer outro milagre, em qualquer outra ação poderosa de Deus no meio de nós. Porque não existe maior milagre do que este que acontece justamente pelas mãos dos Sacerdotes, que é a hóstia deixar de ser pão, deixar de ser simples farinha  para se tornar no Redentor da humanidade, se tornar na pessoa de Jesus Cristo. A partir deste milagre, olhando para Jesus na Eucaristia  eu espero tudo de Deus. Acredito na multiplicação dos pães. Acredito em Jesus parando com a tempestade e andando sobre o mar. Acredito que o mar se abriu para a libertação do povo de Israel. E acredito na arca de Noé e tudo mais !!! “

Depois disso, os padres dispensaram a classe para um café. E na volta, o tema da aula  já era outro… 

É esta oração que fazemos hoje, que pedimos pelos nossos padres, pela nossa Igreja:

<<< Que pela poderosa intercessão de Nossa Senhora, toda a Igreja de Jesus Cristo possa crescer na graça da fé, a começar dos seus Sacerdotes. Uma fé que leve a cada um  a uma santidade de vida e a uma abertura de coração que faça do seu Sacerdócio se tornar um instrumento vivo da Misericórdia operante de Deus, que pode realizar todas as coisas. Amém.  >>>

E vamos rezar também aquela oração que o Anjo deixou com os pastorzinhos de Fátima:    

Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos.
Peço Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam.
Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo,
adoro-Vos profundamente
e ofereço Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo,
presente em todos os sacrários da terra,
em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que ele mesmo é ofendido.
E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração
e do Coração Imaculado de Maria,
peço Vos a conversão dos pobres pecadores.

A propósito: a foto acima é dos sinais eucarísticos que acontecem em  Naju

Ernesto Peres de Mendonça

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: