Nossa Senhora fala aos Sacerdotes – III

 

3

 

 

 

A BESTA COMO CORDEIRO

 

Faça esta mensagem chegar até um Sacerdote seu conhecido. É a mãe falando aos seus filhos prediletos. Aproveite para adotar um Sacerdote espiritualmente.

Mensagem de Nossa Senhora ao Padre Gobbi, Aniversário da Segunda Aparição de Fátima, Domingo, 13 de junho de 1989:

< Filhos amados, hoje vocês estão recordando a minha segunda aparição, que teve lugar na humilde Cova da Iria em Fátima, em13 de junho de 1917. Vocês agora estão vivendo nestes tempos o que eu lhe havia predito naquela época. Eu anunciei a vocês a grande luta entre mim, a Mulher Vestida de Sol, e o grande Dragão Vermelho, que tem levado a humanidade a viver sem Deus.

Eu também predisse a vocês o trabalho sutil e tenebroso, levado a efeito pela Maçonaria com o propósito de separá-los da observância da lei de Deus e assim fazê-los vítimas dos pecados e dos vícios.

Acima de tudo, como uma Mãe, quero adverti-los dos graves perigos que ameaçam a Igreja hoje, por causa dos muitos e diabólicos ataques que estão sendo impingidos contra Ela para destruí-La.

Para alcançar esta meta, emergirá da terra, por meio da ajuda da besta negra que emerge do mar, uma besta que possui dois chifres como um cordeiro.

O cordeiro, na Santa Escritura, sempre tem sido um símbolo de sacrifício. Na noite do êxodo, o cordeiro é sacrificado e, com o seu sangue, as portas das casas dos hebreus são aspergidas, a fim de protegê-los do castigo que ao contrário recaíram sobre todos os egípcios. A Páscoa Hebraica relembra este fato a cada ano, através da imolação de um cordeiro, que é sacrificado e consumido. No Calvário, Jesus Cristo Se sacrificou para a redenção da humanidade; Ele próprio se tornou a Nossa Páscoa e Se tornou o verdadeiro Cordeiro de Deus que tira todos os pecados do mundo.

A besta tem na sua cabeça dois chifres como aqueles de um cordeiro. Para o símbolo do sacrifício está intimamente conectado aquele do sacerdócio: os dois chifres. Os bispos da Igreja usa a mitra – com dois chifres – que indica a plenitude do seu sacerdócio.

A besta negra como a uma pantera, indica a Franco-maçonaria; a besta com dois chifres como cordeiro indica o Franco-maçonaria infiltrado no interior da Igreja, isto é, a Maçonaria eclesiástica, que tem se espalhado entre os membros da hierarquia. Esta infiltração Maçônica, no interior da Igreja, já foi prevista a vocês por mim em Fátima, quando eu anunciei a vocês que Satanás entraria até no cume da Igreja. Se a tarefa da Maçonaria é levar as almas para a perdição, fazendo-as adorar as falsas divindades, a tarefa da Maçonaria eclesiástica, por outro lado, é destruir o Cristo e a sua Igreja, construindo um novo ídolo, isto é, um falso cristo e uma falsa igreja.

Jesus Cristo é o Filho de Deus vivo, Ele é o Verbo Encarnado, Ele é o verdadeiro Deus e verdadeiro Homem porque Ele une na sua Pessoa divina a natureza humana e a natureza divina. Jesus, no seu Evangelho, deu a mais completa definição Dele mesmo, dizendo que Ele é a Verdade, o Caminho e a Vida.

Jesus é Verdade, pois Ele nos revela o Pai, fala a Sua palavra definitiva a nós, e traz toda a revelação divina para a perfeita realização.

Jesus é a Vida, porque Ele nos dá a própria vida divina, com a graça merecida por Ele através da Redenção, e Ele institui os Sacramentos como meios eficazes que comunicam a graça.

Jesus é o Caminho que leva ao Pai, por meio do Evangelho que Ele nos deu, como o meio a seguir para obter a salvação.

Jesus é a Verdade, porque é Ele – a Palavra Viva – que é a fonte e selo de toda a divina revelação. E assim, a Maçonaria eclesiástica trabalha para obscurecer a sua palavra divina, por meio de interpretações naturais e racionais e, na tentativa de torná-la mais compreensível e aceitável, esvazia-a de todo o seu conteúdo sobrenatural. Assim, os erros são espalhados em toda a parte na própria Igreja Católica. Por causa da difusão destes erros, muitos estão se afastando da verdadeira fé, trazendo com isto a realização da profecia que eu lhes revelei em Fátima: < Chegarão tempos em que muitos perderão a verdadeira fé. > A perda da fé é a apostasia. A Maçonaria eclesiástica trabalha de maneira sutil e diabólica para levar todos à apostasia.

Jesus é a Vida porque Ele confere a graça. A meta da Maçonaria eclesiástica é a de justificar o pecado, de apresentá-lo não mais como um mal, porém como algo bom e de valor. Assim o homem é aconselhado a praticá-lo como um meio de satisfazer a sua existência e a sua própria natureza, destruindo a raiz da qual poderia nascer o arrependimento, e são ditos a ele que não é mais necessário confessar os pecados. A fruta perniciosa deste câncer maldito, que tem sido espalhado por toda a Igreja, é o desaparecimento em todo o lugar da confissão individual. As almas são levadas a viverem no pecado, rejeitando o dom da vida que Jesus nos ofereceu.

Jesus é o Caminho que leva ao Pai, por meio do Evangelho. A Maçonaria eclesiástica favorece aquelas formas de exegese que dá-lhe uma interpretação racional e natural, por meio do uso de vários gêneros literários, de tal forma que ele se torna fragmentado em pedaços em todas as partes. No fim, o homem chega a negar a realidade histórica dos milagres e da ressurreição e coloca em dúvida a própria divindade de Jesus e a sua missão salvífica.

Depois de ter destruído o Cristo histórico, a besta com os dois chifres como cordeiro procura destruir o Cristo místico que é a Igreja. A Igreja instituída por Cristo é uma: é a Igreja única, santa, católica e apostólica, fundada sobre Pedro. Com Jesus é, também a Igreja é fundada por Ele que forma Seu corpo místico, verdade, vida e caminho.

A Igreja é verdade, porque Jesus confiou somente à ela a tarefa de guardar, na sua integridade, todo o penhor da fé. Ele confiou à ela a Igreja hierárquica, isto é, para o Papa e os bispos unidos com ele. A Maçonaria eclesiástica procura destruir esta realidade através do falso ecumenismo, que leva à aceitação de todas as Igrejas cristãs, afirmando que cada uma delas tem parte da verdade. Ela desenvolve o plano de fundar uma Igreja ecumênica universal, formada por fusão de todas as confissões cristãs, entre as quais a Igreja Católica.

A Igreja é vida porque ela confere graça e somente ela possui o meio eficaz da graça, que são os sete sacramentos. Especialmente ela é vida porque somente a ela foi dado o poder de gerar a Eucaristia, por meio do sacerdócio hierárquico e ministerial. Na Eucaristia, Jesus Cristo está verdadeiramente presente com seu Corpo glorificado e sua divindade. E assim a Maçonaria eclesiástica, de muitas maneiras sutis, procura atacar a devoção eclesiástica contra o sacramento da Eucaristia. Ela dá valor apenas ao aspecto da refeição, procurando minimizar o aspecto do sacrifício, procura negar a presença real e pessoal de Jesus na Hóstia consagrada. Desta maneira todos os sinais externos são pouco a pouco suprimidos que é o indicativo da fé na presença real de Jesus na Eucaristia, tais como genuflexões, horas da adoração pública e o costume santo de acercar-se do tabernáculo com luzes e flores.

A Igreja é o caminho porque ela leva ao Pai, através do Filho, no Espírito Santo, pelo caminho da perfeita unidade. Como o Pai e Filho são um, assim também vocês devem ser um entre vocês. Jesus quis que a sua Igreja fosse um sinal e um instrumento da unidade de toda a raça humana. A Igreja consegue se manter unida porque ela foi fundada na pedra angular da sua unidade: Pedro, e o Papa que o sucede para o carisma de Pedro. E assim a Maçonaria eclesiástica procura destruir a fundação da unidade da Igreja, através de ataque sutil e insidioso sobre o Papa. Ela cria focos de dissensão e contestação contra o Papa; ela apóia e recompensa aqueles que difamam e desobedecem-no; ela dissemina as críticas e as discórdias de bispos e teólogos. Desta maneira a própria fundação da sua unidade é demolida e assim a Igreja torna-se mais e mais fragmentada e dividida.

Filhos amados, eu tenho convidado a se consagrarem ao Meu Coração Imaculado e penetrarem neste meu refúgio materno, para acima de tudo serem preservados e defendidos contra esta terrível armadilha. Desta maneira, através do ato da consagração do meu Movimento, eu tenho os estimulado a renunciar toda a aspiração de se dedicarem à uma carreira. Assim, vocês estarão mais capacitados a se afastarem da armadilha mais poderosa e perigosa utilizada pela Maçonaria e de se associarem nas suas seitas secretas como fizeram muitos dos meus filhos amados. Eu lhes trago para o grande amor de Jesus-Verdade, tornando-os testemunhas corajosas da fé; para Jesus-Vida, levando-os para a grande santidade; para Jesus-Caminho, conclamando-os a ser na vida apenas o Evangelho, vivido e proclamado fielmente.

Assim eu os levarei para o maior amor para a Igreja.

Eu os trarei para amar a Igreja-verdade, fazendo-os fortes proclamadores de todas as verdades da fé Católica, enquanto vocês se põem em oposição, com força e coragem, a todos os erros.

Eu os farei ministros da Igreja-vida, auxiliando-os a serem sacerdotes fiéis e santos. Estejam sempre disponíveis para as necessidades das almas, prestem-se, com generosa abnegação, para o ministério da reconciliação e sejam chamas intensas de amor e zelo por Jesus presente na Eucaristia. Nas suas igrejas que possam vocês promover freqüentes horas de adoração pública e reparação para o Santíssimo Sacramento do altar.

Eu os transformarei nas testemunhas da Igreja-caminho, e fazê-los preciosos instrumentos da sua unidade. Por esta razão, eu tenho lhes dado, como o segundo penhor do meu Movimento, uma unidade especial com o Papa. Por meio do seu amor e da sua fidelidade, o plano divino da perfeita unidade na Igreja brilhará novamente em todo o seu esplendor.

Assim para a força tenebrosa com a qual a Maçonaria eclesiástica está hoje se exercitando para destruir Cristo e sua Igreja, estou opondo o esplendor poderoso do meu exército sacerdotal e fiel, para que Cristo possa ser amado, ouvido e seguido por todos, e que a sua Igreja seja mais e mais amada, defendida e santificada.

Nisto fará brilhar do alto toda a vitória da Mulher Vestida de Sol e o Meu Coração Imaculado atinge o seu mais luminoso triunfo. >

Rezemos:

<<< VINDE ESPÍRITO SANTO, VINDE POR MEIO DA PODEROSA INTERCESSÃO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA VOSSA AMADÍSSIMA ESPOSA >>> (3X)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: