É nesta vida que se faz já a escolha do Paraíso ou do Inferno !

 
 
 
 Entrevista a Vicka Ivankovic
 
Por ocasião da festa de Todos os Santos, Vicka declarou:
 
Como disse Nossa Senhora já nesta terra nós fazemos a escolha de ir para o Céu ou para o Purgatório ou ao Inferno. Depois da morte continuaremos a viver aquilo que tivermos escolhido viver aqui na terra. Cada um de nós, de fato, sabe como vive. Pessoalmente procuro fazer com todo coração, o melhor que posso para ir ao céu. Tenho um grande desejo de ir para o Paraíso. Aqui na terra, muitos escolhem o Purgatório: isto significa que não estão completamente decididos por Deus. Outras pessoas porem, escolhem fazer tudo contra Deus e contra a Sua vontade: estas pessoas escolhem viver no Inferno e depois da morte, continuam a viver no inferno que já vivem aqui. Aquilo que nós viveremos depois da morte, depende de nós, porque Deus deu a cada um, a liberdade. Nossa Senhora disse que muitos vivem somente pela vida na terra porque acreditam que depois da morte esteja tudo acabado, mas isto é um grande engano porque a vida é somente uma passagem que nos conduz à eternidade.
 
Rezemos para que estas palavras nos ajudem a recordarmos quanto é preciosa cada hora que podemos viver sobre esta terra.

Pergunta: Vicka, Nossa Senhora visita esta terra já há 23 anos e nos tem dado muito. Alguns peregrinos, porem, limitam-se somente a “ pedir” e nem sempre escutam o pedido de Maria: “você, que podes me dar?”. Qual é a sua experiência sobre isto?

Vicka: O homem é um continuo questionar sobre qualquer coisa. Se pedirmos um amor verdadeiro e sincero a Maria, que é nossa Mãe, Ela está sempre disposta a nos dá-lo, mas em troca espera de nós qualquer coisa. Sinto que hoje, de modo especial vivemos um tempo de grandes graças, no qual o homem é convidado não somente a pedir, mas também a agradecer e a doar. Não estamos conscientes de quanta alegria se experimenta na oferta. Se eu me sacrifico por Nossa Senhora ( porque Ela me pede isso), sem pedir nada para mim mesma, e depois peço qualquer coisa para o próximo, sinto no coração uma alegria especial e vejo que Nossa Senhora é feliz. Maria se alegra seja quando dá seja quando recebe. O homem deve rezar e através da oração, doar-se: tudo o mais lhe será dado no momento certo.

Pergunta: Geralmente, porém, no sofrimento o homem procura um caminho de saída ou um remédio.

Vicka: Nossa Senhora explicou muitas vezes que quando Deus dá uma cruz – a doença, o sofrimento, etc, deve ser acolhida como um grande dom. Ele sabe porque nos confia e quando a suspenderá: o Senhor quer somente a nossa paciência. Sobre isto Nossa Senhora disse: “quando o dom da cruz chega, vocês não estão prontos para acolhê-lo, dizem sempre: mas porque a mim e não a qualquer outro? Se ao contrário vocês começarem a agradecer e a rezar dizendo: Senhor, obrigada por este dom. Se existe agora qualquer coisa que deseja dar-me, estou pronto para aceita-lo, mas te peço, dai-me a força de levar a minha cruz com paciência e amor… em vocês entrará a paz. Não podeis nem imaginar quanto vale o vosso sofrimento aos olhos de Deus” .

É muito importante rezar com as pessoas , pelas pessoas que se cansam de aceitar a cruz: precisam das nossas orações, e com a nossa vida e exemplo, nós podemos fazer muito.
 
Pergunta: Muitas vezes se manifestam alguns sofrimentos morais ou espirituais que não se sabe como gerir. O que você aprendeu de Nossa Senhora este ano?
 
Vicka: Devo dizer que pessoalmente sou felicíssima, porque sinto dentro de mim uma grande alegria e também grande paz. Em parte é mérito meu, porque desejo ser feliz, mas sobretudo é o amor de Nossa Senhora que me deixa assim. Maria nos pede a simplicidade, a humildade, a modéstia… O quanto me é possível eu me esforço com todo o coração de oferecer aos outros, aquilo que Nossa Senhora me dá.

Pergunta: Você conta no seu testemunho que quando Nossa Senhora levou-a para ver o Paraíso, você atravessou uma espécie de “passagem.” Creio porem que se nós nos oferecermos e desejarmos andar alem do sofrimento, a passagem será presente também em nossa alma, não é assim?

Vicka: Certo! Nossa Senhora disse que o Paraíso se vive já aqui sobre a terra, e depois simplesmente se continua. Mas aquela “passagem” é importantíssima: se eu vivo o Paraíso aqui e o sinto dentro do meu coração, estarei sempre pronta para morrer em qualquer momento que Deus me chama, sem colocar nenhuma condição. Ele deseja encontrar-nos prontos cada dia, pois ninguém pode saber quando virá. Agora a “ grande passagem” não é outra coisa senão a prontidão. Mas há quem opõe resistência e luta contra a idéia da morte. Por isto Deus com o sofrimento nos oferece uma chance: nos dá o tempo e a graça para vencermos a nossa batalha interior.

Pergunta: Algumas vezes porem o medo prevalece.

Vicka: Sim, mas o medo não vem de Deus! Uma vez Nossa Senhora disse: “ se sentirem no coração a alegria, o amor, a satisfação, significa que estes sentimentos vêm de Deus. Mas se tiverem inquietude,, insatisfação, ódio, tensão, deveis saber que isto vem de uma outra parte.” Por isto devemos sempre discernir, e apenas a inquietude começa a girar na mente, no coração e na alma, devemos logo jogá-la fora. A melhor arma para estancá-la é a Coroa do Rosário nas mãos, a oração feita com amor.”

Pergunta: Você fala do Rosário mas existem diversos modos de rezar…

Vicka: Seguramente. Mas aquela que Nossa Senhora nos recomenda é o Santo Rosário, e se Ela o sugere significa que Ela gosta! Todavia, qualquer oração é boa se rezada com o coração.
 
Pergunta: Você pode falar do silencio?
 
Vicka: Para mim não é fácil porque não estou quase nunca em silencio! Não porque não o ame, ao contrário, eu o considero muito bom: no silencio o homem pode interrogar a própria consciência, pode recolher-se e escutar Deus. Mas a minha missão é aquela de encontrar as pessoas e cada uma que espera de mim uma palavra. O silencio maior se cria quando, a um certo ponto do testemunho, convido as pessoas a silenciar, enquanto eu rezo por todos os seus problemas e dificuldades. Este momento dura cerca de 15 a 20 minutos, algumas vezes, meia hora. Todos os dias o homem não tem tempo de parar para rezar em silencio, assim proponho esta experiência, de modo que cada um possa encontrar um pouco de si mesmo e olhar para dentro de si. Depois, pouco a pouco, a consciência dará o seu fruto. As pessoas se dizem muito contentes porque nestes momentos se sentem muito felizes , como se estivessem no Paraíso.

Pergunta: Parece-me porém que muitas vezes, quando estes momentos de “ eternidade” acabam, as pessoas começam a falar alto e distrair-se, perdendo a graça que receberam na oração…

Vicka: Infelizmente! Sobre isto Nossa Senhora disse:” Muitas vezes o homem escuta as minhas mensagens com uma orelha e depois as fazem sair pela outra; também no coração não fica nada!” Não são importantes as orelhas, mas o coração: se o homem deseja mudar a si mesmo, aqui há muitas possibilidades; se ao contrário, procura sempre o melhor para si, permanecendo egoísta ficam inúteis as palavras de Nossa Senhora.
 
Pergunta: Fale-me do silencio de Maria: como são hoje os teus encontros com Ela?
 
Vicka: A maior parte das vezes os nossos encontros são constituídos somente de oração. Nossa Senhora ama rezar o Credo, o Pai Nosso, o Glória ao Pai… Cantamos também juntas: não ficamos muito em silencio! Primeiro Maria falava muito, mas agora prevalece a oração.
 
Pergunta: Acenava primeiro à alegria. O homem de hoje sempre se encontra triste e insatisfeito. O que você sugere?
 
Vicka: Se rezamos com o coração sincero para que o Senhor nos dê a alegria, ela não faltará. Em 1994, tive um pequeno acidente: para salvar do fogo uma avó e um netinho, eu me queimei. Era de verdade uma grave situação; as chamas me atingiram o braço, o busto, o rosto, a cabeça… No hospital de Mostar disseram-me de repente que eu precisava de uma operação plástica . Enquanto a ambulância corria, disse à minha mãe e à minha irmã: cantem um pouco! Elas ficaram surpresas: mas como se pode cantar neste momento, você não vê que está desfigurada? Então respondi: mas alegrai-vos, agradecemos a Deus! Quando chegamos no hospital, comunicaram-me que não queriam tocar em nada… Uma amiga vendo-me disse: você está verdadeiramente mal, como pode permanecer assim? Mas eu respondi serenamente: se Deus deseja que fique assim, eu aceitarei em paz. Se ao contrario deseja que tudo sare completamente, significa que este episódio foi um dom para que eu salvasse a avó e a criança, Digo-lhe que estou no inicio de minha missão, na qual devo servir a Deus. Acredite-me: depois de um mês, não havia mais nada, nem uma pequena cicatriz! Eu fiquei de verdade felicíssima. Todos me diziam: mas você se olhou no espelho? E eu respondia: não e não o farei… Eu me olho dentro: somente ali se encontra o meu espelho! Se o homem reza com o coração e com amor, a alegria não lhe faltará jamais. Mas hoje se está muito ocupado com as coisas que não são importantes, e se foge daquelas que nos dão alegria e felicidade. Se as famílias colocam em primeiro lugar as coisas materiais, não podem jamais estar na alegria, porque ela é escondida pela s coisas matérias; mas se desejam que Deus seja a luz, o centro e o Rei da família, não devem temer a alegria virá a vós. Nossa Senhora porem é triste , porque hoje Jesus está no ultimo lugar na família, ou francamente não está absolutamente!
 
Pergunta: Talvez nós algumas vezes nos utilizamos de Jesus, mas desejamos que Ele seja como nós esperamos.
 
Vicka: Não é tanto um aproveitamento, quanto uma prova de força. Diante de diversas situações compreende que dizemos: “ mas isto poderei fazer sozinho! Porque devo procurar Deus se alguma vez posso estar no primeiro lugar?. È uma ilusão, já que não nos é dado anteceder Deus; mas Ele é assim Bom e simples que nos permite como se faz com uma criança- porque sabe que antes ou depois retornamos a Ele. Deus doa ao homem uma completa liberdade, mas permanece aberto e espera sempre o nosso retorno. Você vê quantos peregrinos vêm aqui todos os dias. Pessoalmente não direi jamais a alguém: “deves fazer isto ou aquilo, deves acreditar, deves conhecer Nossa Senhora. Se me perguntam, eu digo no entanto permanecem na tua livre vontade. Porem tomem cuidado que vocês não estão aqui por acaso, mas porque foram chamados por Nossa Senhora. Esta é uma chamada. E portanto se Nossa Senhora os conduziu até aqui, significa que espera alguma coisa também de vocês! Deves descobrir sozinho, no teu coração, isto é o que Ela espera.”
 
Pergunta: Você nos fala dos jovens especialmente em seus testemunhos.
 
Vicka: Sim, porque os jovens se encontram numa situação muito, muito difícil. Nossa Senhora diz que podemos ajudá-los somente com o nosso amor e com nossa oração; para eles diz: “queridos jovens, tudo aquilo que hoje o mundo vos oferece, passa. Fiquem atentos: satanás deseja usar cada momento livre para ele mesmo.” Neste tempo o demônio é particularmente ativo entre os jovens e nas famílias, que ele deseja sempre destruir.

Pergunta: Como age o demônio nas famílias?

Vicka: As famílias estão em perigo porque não há mais diálogo, não há mais a oração ; não há nada! Por isto Nossa Senhora deseja que se renove a oração na família: pede que os pais rezem com os filhos e os filhos com os pais, assim satanás será desarmado. Esta é a base da família: a oração. Se os pais tivessem tempo para os filhos, não teríamos problemas; mas hoje os pais deixam os filhos sozinhos para terem mais tempo para si mesmos e não compreendem que assim os filhos se perdem.
 
Pergunta: Eu te agradeço. Desejas falar alguma coisa?
 
Vicka: Que rezarei por todos vocês, sobretudo pelos leitores do Eco de Maria: vos apresentarei a Nossa Senhora. A Rainha da Paz vos abençoe com a Sua Paz e o seu Amor. Uma grande, sincera, saudação de coração da Vicka.
 
Fonte: Site  Nossa Senhora de Medjugorje – Pe. Mateus Maria 
  
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: