Eu te associo à minha Paixão !

 

Em 15 de junho de 1921, por volta das 17 horas, interrogado pelo seu  bispo, o Padre Pio respondeu assim:  <<  Em 20 de setembro de 1918, depois da celebração da Missa, ao entreter-me para fazer a ação de graças no Coro, em um momento fui assaltado por um grande tremor, depois voltei para a calma e vi NS (Nosso Senhor) com a postura de quem está na cruz. >>

 O Padre Pio revela, portanto, que a estigmatização não foi resultado de um pedido seu, mas um convite do Senhor, que, lamentando-se da ingratidão dos homens, particularmente dos consagrados – os seus Sacerdotes e Religiosos –  tornava-o destinatário de uma missão, como cume de um caminho de preparação interior e mística.

 << Não teria me impressionado se tivesse a Cruz, lamentando-se da falta de correspondência dos homens, especialmente dos consagrados a Ele e, por isso, mais favorecidos. >>

<< Assim – continua seu relato – se manifestava que ele sofria e que desejava associar as almas à sua Paixão. Convidava-me a compenetrar-me com suas dores e a meditá-las: ao mesmo tempo, a ocupar-me da saúde dos irmãos. Imediatamente me senti cheio de compaixão pelas dores do Senhor e lhe perguntava o que podia fazer. >>

“Ouvi esta voz: << Eu te associo á minha Paixão’. E logo depois, desaparecida a visão, voltei a mim, recobrei a razão e vi estes sinais aqui, dos quais pingava sangue. Antes não tinha nada. >>

O Padre Pio relatou que em uma aparição, no dia 7 de abril de 1913, Jesus, com  << uma grande expressão de desgosto no rosto >>, olhando para uma multidão de Sacerdotes, disse-lhe:  << Eu estarei em agonia até o fim do mundo, por causa das almas mais beneficiadas por mim.  >>

Oração a Padre Pio

                                    <<   Ó Cristo Jesus, fonte de amor e misericórdia, nós vos agradecemos por nos terdes dado Padre Pio como sinal vivo de vossa paixão, morte e ressurreição. Com as chagas em seu corpo e a serenidade em seu rosto, comunicastes ao mundo a compaixão pela humanidade.

Animados pela alegria da fé, exultamos porque a Igreja o eleva à honra dos altares, confirmando que vós sois a fonte da santidade para todos os batizados em todos os tempos. Ajudai-nos a viver como cristãos, a vida de cada dia.
E que, por intercessão de Padre Pio, possamos alcançar as graças de que necessitamos para realizar neste mundo a nossa vocação e a nossa missão. Amém!
 
>>

Pai nosso… Ave Maria… Glória…

Anúncios

Uma resposta

  1. Como tenho uma admiração muito grande por este grande Santo de nossa igreja, eu tenho São Padre Pio como meu padrinho, este foi um grande Sacerdote, que São Padre Pio interceda por mim a Jesus. Amém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: