Os Sacerdotes, filhos prediletos de Maria !!!

 

Nas mensagens de Nossa Senhora de Fátima dadas ao Movimento Sacerdotal Mariano, Maria é direta, ela mesmo em pessoa  chama os Sacerdotes < de seus filhos prediletos >.

Aquela que foi escolhida para ser a Mãe de Deus, aquela que recebeu João aos pés da cruz como seu filho, aquela que é a mãe da humanidade inteira, ela vem   nos dizer  que  tem uma predileção entre  todos os seus filhos: são os padres.

Como é  isso,  uma mãe gostar mais de um filho do que do outro? Ainda  mais vindo de  Nossa Senhora, ela nos dizer que tem os  seus filhos prediletos?! Parece estranho,  não é mesmo?!

Mas é assim, desse jeito que Nossa Senhora de Fátima se dirige aos Sacerdotes, em várias de suas  mensagens dadas ao Padre Stefano Gobbi em forma de locução interior e que estão no livro: <Aos Sacerdotes, filhos prediletos de Nossa Senhora>.

É uma pena que muitas pessoas, inclusive  padres e autoridades eclesiais ainda desconheçam o Movimento Sacerdotal Marino e  as  mensagens de Nossa Senhora de Fátima   dirigida a todos os Sacerdotes do mundo inteiro. Com certeza, se tivéssemos mais Sacerdotes acolhendo estas mensagens  vindas do seu Coração de  Mãe preocupada com os seus filhos Sacerdotes, muitos destes escândalos abomináveis não estariam acontecendo na vida da Igreja nos dias de hoje.  E o Sacerdócio não seria manchado e tão violentamente atacado como esta sendo.

 O Movimentro Sacerdotal  Mariano  existe para cuidar do Sacerdócio

O Movimento Sacerdotal Mariano é uma obra de  iniciativa de Nossa Senhora. Onde ela se faz presente. E se coloca à frente de tudo. Seu objetivo é   ajudar os Sacerdotes para  que  possam  levar  uma vida de  maior fidelidade ao Papa e à Igreja. 

Muito importante:

Se  compararmos a Igreja a uma grande árvore, a finalidade do MSM não é de acrescentar mais um ramo aos muitos já existentes, mas é a de nela introduzir uma força secreta que, partindo do Coração Imaculado de Maria, se difunda por todos os ramos da Igreja, ajudando-os a desenvolverem-se, cada um segundo a própria função e particular fisionomia, comunicando a todos maior vigor e beleza. (Como uma seiva da Graça!)

< É importante  então, termos  este entendimento:  de que mais do que um outro movimento dentro da Igreja, o MSM é a Igreja em movimento. É a Igreja sendo fortalecida a partir da pessoa de cada  Sacerdote. É a Igreja sendo fortalecida com o Sacerdócio sendo fortalecido; e sendo fortalecido, sendo ajudado  de uma maneira extraordinária, de uma forma sobrenatural. Com a ajuda, com  a ação, com  a presença de Maria. O MSM é um projeto, é   uma iniciativa de  Nossa Senhora, que ela mesmo  colocou em pratica dentro da Igreja se valendo da colaboração humana  do Pe. Stefano Gobbi >.

É assim, com o MSM  que Nossa Senhora  quer  manifestar  o triunfo do seu Coração Imaculado no mundo. Estamos vivendo o tempo do triunfo do Coração Imaculado  de Maria. Esses tempos já chegaram para nós e para a vida da Igreja e do mundo.

E começa com Nossa Senhora fazendo um convite especial a todos os seus filhos Sacerdotes, para que cada um se consagre de forma pessoal ao seu Coração Imaculado.

A cada  Sacerdote que aceita este convite especial  de Consagração ao Coração Imaculado de Maria, é traçado um caminho que irá conduzi-lo à   perfeição da  sua entrega pessoal a Nossa Senhora  e se desenvolverá através de quatro etapas sucessivas:

       1.   Habituar-se a viver com Maria;

      2.   Deixar que Ela o transforme interiormente;

      3.   Entrar com Ela numa comunhão de coração;

      4.  E finalmente,viver o seu Sacerdócio  em Maria, no triunfo do seu Coração Imaculado;

Esta é a meta e também o primeiro compromisso para quem pertencer ao MSM:  < deixar que Maria viva e opere em cada Sacerdote consagrado ao seu Coração Imaculado >.

Para entendermos melhor, vamos ver  o que Nossa Senhora diz aos Sacerdotes na sua mensagem de 01 de Julho de 1981:

– < Quero amar com o vosso coração; olhar com os vossos olhos; consolar e encorajar com os vossos lábios; ajudar com vossas mãos; caminhar com os vossos pés; seguir vossas pegadas ensanguentadas e sofrer com o vosso corpo crucificado >.

Então, ficou claro: Nossa Senhora quer viver e agir nos Padres consagrados a ela, de modo  que eles se tornem expressão da sua dor e de seu amor materno  no mundo e trabalhem incansavelmente para reconduzir a Deus todos os homens.

Nos dias de hoje, diante de tantos ataques que se levantam contra o Sacerdócio, o Movimento Sacerdotal Mariano – o MSM – se torna numa grande ajuda, num grande auxílio e instrumento de socorro para a vida dos  nossos Padres e para toda a Igreja.

O MSM é uma obra  que acolhe todos os Sacerdotes diocesanos e religiosos, sem distinção de idade ou de cargo. Inscrevem-se tanto Sacerdotes serenos e ardentes de zelo, como também os amargurados pelas experiências negativas pessoais e de apostolado.

O Coração de Nossa Senhora é aberto a todos os seus filhos; seus braços acolhem e unem os Sacerdotes entre si, sem classificações e sem particularismos.

A escolha de predileção não vem da parte de Nossa Senhora, pois ela se dirige decididamente a todos os padres e religiosos:  < Tudo quanto te comunico filho, não te pertence, mas é para todos os meus filhos Sacerdotes que Eu amo com predileção >. (Mensagem de 29  de Agosto 1973) 

A escolha efetua-se por parte de quem aceita voluntariamente o materno convite de Nossa Senhora. Confiar-se a Maria significa, para o Sacerdote, tomar maior consciência da própria consagração feita a Deus, no dia do Santo Batismo e da sua Ordenação Sacerdotal.

O empenho de uma total consagração ao Coração Imaculado de Maria transmite aos Sacerdotes um profundo sentimento de confiança e de serenidade. Veja o que falam os Padres que buscam viver a espiritualidade do MSM:

< Crer que Nossa Senhora está sempre conosco, nas circunstâncias concretas, solícita em nos ajudar, melhor do que faria qualquer mãe, produz em nós sensação de segurança, mesmo nos sofrimentos pessoais e incertezas da época em que vivemos >.

< Assim, o passado entregamo-lo a infinita misericórdia do Coração de Jesus; o futuro esperamo-lo como dom da Providência, que virá até nós pelas mãos da Medianeira de todas as graças; o presente vivemo-lo com alegre empenho, como crianças que brincam ou trabalham sob os olhares da Mãe >.

São três os compromissos que caracterizam a espiritualidade do Movimento Sacerdotal Mariano:  Consagração ao Imaculado Coração de Maria;  União ao Papa e à Igreja a ele unida; Conduzir os fiéis a uma vida de entrega confiante a Nossa Senhora.

A perda do estado da Graça e  a vida no pecado

Lamentamos muito ver a  Igreja, os próprios Sacerdotes e  as autoridades eclesiásticas serem os primeiros a ignorarem, a não buscarem conhecer ou até mesmo a rejeitarem o Movimento Sacerdotal Mariano e as suas mensagens.

E com tudo o que esta acontecendo na Igreja hoje, a Mensagem de Nossa Senhora dada aos Sacerdotes – os seus filhos prediletos – através do Movimento Sacerdotal Mariano, já esta  fazendo falta na vida de muitos dos nossos padres,  sobretudo destes que estão mais em perigo, que estão  com as suas vidas  conturbadas, desajustadas, expostas  e no contra testemunho de Jesus Cristo.   

Na certeza de que se  cada  Sacerdote estivesse mais próximo de Nossa Senhora, como deveria fazer com o seu Sacerdócio, não estariam mantidas estas situações de escândalos tão deploráveis em que se encontra a nossa Igreja nestas últimas décadas em tantas dioceses. E não teríamos  tantos padres abandonando  o estado  da Graça  do  seu Sacramento da Ordem para  estarem com a suas vidas inteiramente  mergulhadas no pecado, como estamos vendo acontecer. 

< O MEU CORAÇÃO IMACULADO TRIUNFARÁ >

Dentro do ANO SACERDOTAL, o Papa Bento XVI pode consagrar os Sacerdotes do mundo inteiro ao Coração de  Maria no Santuário de Fátima. (Veja esta consagração na << Oração pelos Sacerdotes >>  nesta nossa página CORAÇÃO SACERDOTAL).  Este gesto vai permitir que Nossa Senhora venha se manifestar com o triunfo do seu Coração Imaculado na vida de muitos dos seus filhos prediletos, de um modo especial daqueles que  mais estiverem precisando, e aqui queremos apresentar: os Padres,  Bispos e Arcebispos que estão envolvidos com a maçonaria; os Padres,  Bispos e Arcebispos que vivem com suas amantes e filhos escondidos; os Padres,  Bispos  e Arcebispos  com problemas com a administração  do dinheiro; os Padres, Bispos e Arcebispos  promíscuos; os Padres, Bispos e Arcebispos homossexuais; os Padres, Bispos e Arcebispos pedófilos; os Padres, Bispos e Arcebispos que não estão unidos ao  seu Bispo, ao  Papa e nem ao Magistério da Igreja;  e também todas as Dioceses que  mantém e dão sustentação a vida  errada dos seus Sacerdotes. 

Ernesto Peres de Mendonça – Comunidade Família de Deus 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: